O QUE É IMPRESSÃO 1X0, 1X1, 4X0, 4X1 E 4X4?

blog

Alguma vez, ao desenvolver uma peça gráfica, você já ouviu as expressões “impressão 4×0 cores” (pronuncia-se “quatro por zero”) ou semelhantes e ficou se perguntando que bicho é esse? Hoje, vamos explicar o significado desses termos e qual seu resultado no material impresso.

Basicamente, esses termos referem-se à quantidade de cores que serão utilizadas na impressão. Apesar de soarem estranhos para quem está fora do meio gráfico, elas tem uma explicação baseada no padrão de cores CMYK. Vamos por partes.

Existem dois principais sistemas de cores utilizados internacionalmente: RGB e CMYK. O primeiro é sigla das cores em inglês “Red/ Green/ Blue” e é formado pela emissão de luz e só existe em monitores, ou seja, você só a enxerga corretamente em celulares, televisões e computadores.

O segundo, CMYK, também do inglês Cyan, Magenta, Yellow e blacK, representa as quatro cores responsáveis pela formação de praticamente todas as outras existentes em materiais impressos. O CMYK é formado pela absorção de luz nas tintas. Qualquer material impresso utilizará este padrão de cores para ser produzido. Esse processo é chamado de policromia, pois é o conjunto de várias cores POLI (vários) + CROMIA (cores).

Se você lida com materiais impressos, é bom se inteirar do significado destas expressões. Sendo assim, observe:

1×0
Um material 1×0 será impresso com a frente somente em preto e branco (“uma cor”) e nenhuma cor no verso (“zero cor”).
Frente: preto e branco;
Verso: sem cor.

1×1
Será impresso na frente e no verso com somente uma cor.
Frente: preto e branco;
Verso: preto e branco.

4×0
No caso de uma impressão 4×0, a frente utilizará as 4 cores do CMYK, ou seja, será colorida. O verso será “zero cor”, sem impressão.
Frente: colorido;
Verso: sem cor.

4×1
Um impresso 4×1 apresenta uma frente colorida, em CMYK e seu verso em preto e branco (“uma cor”).
Frente: colorido;
Verso: preto e branco.

4×4
Seguindo a mesma explicação anterior, um material gráfico 4×4 cores apresenta sua frente e verso em CMYK. Ou seja, totalmente colorido. Esse modelo é o que permite maior liberdade criativa, pois ao fazer sua arte, pode abusar da imaginação e combinações de cores.
Frente: colorido;
Verso: colorido.

Além dessas combinações, existem outras cores que não podem ser formadas pelo CMYK, chamadas “cores especiais”. Para essas situações usamos padrões de cores especiais, como o Pantone. Por meio dele, é possível alcançar tons como dourado, prateado, cores fluorescentes e brilhantes.

Agora que você já sabe o que significam esses “códigos misteriosos”, pode identificar corretamente a quantidade de cores do seu arquivo na hora de enviar seu material para a Gráfica Bartolo! Essa informação ajuda muito na etapa de orçamento do seu projeto. 😉